Locutor: Auto Dj
Programação: Automática

Notícias

Paulo Guedes cria conselho consultivo de notáveis para elaborar reforma da Previdência

  • Tamanho-da-letra
  • menor
  • maior

Por Valdo Cruz

20/12/2018 14h39  Atualizado há 2 horas


O futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, em reunião na Granja do Torto, em Brasília, nesta quarta-feira (19) — Foto: Rafael Carvalho/Governo de transiçãoO futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, em reunião na Granja do Torto, em Brasília, nesta quarta-feira (19) — Foto: Rafael Carvalho/Governo de transição

O futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, em reunião na Granja do Torto, em Brasília, nesta quarta-feira (19) — Foto: Rafael Carvalho/Governo de transição

O futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, vai criar um conselho consultivo com especialistas para ajudar o governo Bolsonaro a elaborar suas propostas de reforma da Previdência. Os notáveis já foram convidados e aceitaram integrar o órgão, que ficará ligado à Secretaria de Previdência do Ministério da Economia e será comandada pelo atual deputado Rogério Marinho.

Farão parte Armínio Fraga e Paulo Tafner, que elaboraram uma proposta de reforma da Previdência que pode gerar uma economia de R$ 1,3 trilhão num prazo de dez anos, bem acima da que está em tramitação no Congresso e que gera uma economia próxima de R$ 500 bilhões em igual período. Armínio Fraga foi presidente do Banco Central e é próximo de Paulo Guedes.

Também vão integrar o conselho os economistas Solange Paiva, José Marcio Camargo, Fábio Giambiagi e Aloisio Araújo. Solange Paiva foi a criadora do Fator Previdenciário, durante o governo FHC, que permitiu reduzir os gastos com previdência na época. José Marcio foi o responsável pelo programa econômico do candidato do MDB nas últimas eleições presidenciais, Henrique Meirelles.

Giambiagi é especializado em finanças públicas, com vasto material publicado sobre Previdência Social. E Aloisio Araújo é economista da Fundação Getúlio Vargas. Paulo Guedes já definiu com o presidente eleito, Jair Bolsonaro, que a reforma da Previdência é uma das prioridades do futuro governo. Ele deseja aprová-la no próximo ano, de preferência no primeiro semestre.

Bolsonaro defendeu uma reforma da Previdência fatiada. Na equipe de Paulo Guedes, o tema segue em análise. Se for fatiada, a ideia é que, na primeira etapa, sejam incluídos temas como idade mínima, regra de transição, fim de privilégios de servidores públicos e unificação dos sistemas de Previdência do setor público e privado.

Postado em: 20/12/2018 às 18:49:36

Link desta Noticia:

AGENDA
CENTRAL DE NOTICIAS:

EM BREVE
As Dez Melhores da ProgramaçãoTOP 10
1
Zé da Recaída
Gusttavo Lima

2
Quem Pegou Pegou
Henrique e Juliano

3
Coração Infectado
Maiara e Maraisa

4
Ausência
Marília Mendonça

5
Beijo de Varanda
Bruno e Marrone

6
TBT
Cléber e Cauãn

7
Não Fala Não Pra Mim
Humberto e Ronaldo Part Jerry Smith

8
Nega
Bruno e Barreto

9
Moleque
Pacheco e Marilia Mendonça

10
Siga a Seta
Marcos e Belutti Part Matheus e Kauan


Email Twitter Facebook You Tube
PUBLICIDADE








 
FOMINHA LANCHES FAROL CIDADE ANUNCIE